DEUS

O POUCO COM DEUS É MUITO E O MUITO SEM DEUS É N A D A !!! EU AMO A DEUS SOBRE TODAS AS COISAS – STPM JOTA MARIA, JOTAEMESHON WHAKYSHON, JULLYETTH BEZERRA, JOTA JÚNIOR E JÚLIA MELISSA – MOSSORÓ-RN

PORTAL TERRAS POTIGUARES NEWS

quarta-feira, 12 de outubro de 2016

PADRE ALDO SOUTO SANTOS



Pe. Aldo de Souto Santos nasceu em 25/11/1974, na cidade de Ouro Branco-RN, filho do casal Francisco Vicente dos Santos e Julieta de Souto Santos, tem vinte e um irmãos e o mesmo, foi o vigésimo primeiro filho do casal;
 • Recebeu o sacramento do Batismo em 23/02/1975 na Igreja do Divino Espírito Santo em Ouro Branco-RN. Fez sua Primeira Comunhão em 06/11/1986 e Crismou-se em 14/07/1990;

 

• Aos 10 anos, já tinha gosto e amor pelas coisas de Deus. Pois, admirava e se espelhava na vida dos frades e santos, principalmente na vida de São Francisco de Assis. Começou a sentir o chamado de Deus para ser padre e aos 12 anos entrou no grupo vocacional para melhor descobrir seu chamado;

 

• No dia 02/02/1991 entrou para o Seminário Menor Santo Cura D’Ars, em Caicó – RN;

 

• No dia 17/02/1994 ingressou no Seminário Maior de São José, no Rio de Janeiro. Onde completou seus estudos de Filosofia e Teologia;

 

• Foi Ordenado Diácono, pela imposição das mãos de Dom Jaime Vieira Rocha, no dia 25/12/1998, em Ouro Branco-RN;

 

• Foi Ordenado Sacerdote, também, por Dom Jaime Vieira Rocha, no dia 12/02/2000, na Diocese de Caicó – RN;

 

• Celebrou a 1ª Missa em sua cidade, Ouro Branco, na Paróquia Divino Espírito Santo, no dia 13/02/2000;

 

• Exerceu o sacerdócio durante três anos na Paróquia Divino Espírito Santo, em Ouro Branco – RN;

 

• Vigário Paroquial na Paróquia do Sagrado Coração de Jesus, na Glória – RJ, durante um ano e seis meses;

 

• Nomeado Pároco da Paróquia Nossa Senhora Aparecida, na Comunidade Marcílio Dias, Penha Circular – RJ, no dia 06/08/2005, onde permaneceu por cinco anos e sete meses;

• Em 26/03/2011, nomeado Pároco da Paróquia Santo Antônio de Pádua e Nossa Senhora da Boa Vista – Cachambi /RJ

quarta-feira, 11 de novembro de 2015

PADRE CLÁUDIO FERNANDES COSTA

SERÁ ORDENADO NO DIA 21 DE NOVEMBRO DE 2015, NA MATRIZ DE SÃO SEBASTIÃO, NA CIDADE DE CARAÚBAS-RN. FOTO: CONVITE

PADRE DEMETRIO DE FREITAS JÚNIOR

SERÁ ORDENADO NO DIA 21 DE NOVEMBRO DE 2015, NA MATRIZ DE SÃO SEBASTIÃO, NA CIDADE DE CARAÚBAS. FOTO - CONVITE

quarta-feira, 1 de outubro de 2014

IGREJA PRESBITERIANA DE MOSSOÓ

A IGREJA PRESBITERIANA DE MOSSORÓ, SITUADA NA RUA FELIPE CAMARÃO, NO BAIRRO DOZE ANOS, FOI A PRIMEIRA IGREJA EVANGÉLICA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE, FUNDADA NO DIA 28 DE SETEMBRO DE 1883

O pioneirismo da Igreja Presbiteriana em Mossoró no Rio Grande do Norte


Adão Antonio da Silva.
                        Em Mossoró Rio Grande do Norte, os presbiterianos chegaram nas duas ultimas décadas do século XIX, na oportunidade em que acontecia o ato abolicionista em Mossoró, e nisto também divulgar o evangelho, se apropriando do momento importante que estava acontecendo em Mossoró, ficou oportuno para poder desenvolver a pregação da religião protestante em solo mossoroense, a divulgação da doutrina reformada calvinista[2], tendo como pioneiro o Reverendo De Lacy Wardlaw,  que veio na caravana abolicionista liderada pelo Dr. Almino Afonso, sobre esta chegada e organização da Igreja Presbiteriano, o Pr. Othoniel Guedes diz:
Neste mesmo ano de 1883 apareceu em Mossoró, pela primeira vez, um Ministro Evangelista de nacionalidade americana, Dr. De Lacy Wardlaw que aqui celebrara dois casamentos, o de Conrado Mayer com D. Maria Gomes da silva e o de Ricardo Vieira do Couto com D. Maria Tereza Divina de Jesus. Este Ministro demorando-se alguns dias em Mossoró fizera diversas conferencias, assistidas por um sempre crescente numero de ouvintes, alguns dos quais aceitaram a religião evangélica(Othoniel Marques Guedes).
                        Assim como Othoniel Guedes, Lauro da Escóssia também compartilha comentários sobre a presença do inicio do trabalho presbiteriano em Mossoró comenta a respeito de De Lacy Wardlaw e do seu trabalho de evangelização instalação do Templo e da participação de cidadãos mossoroenses que haviam aderido a sua religião, e diz:
O Reverendo De Lacy Wardlaw tinha sua residência fixa em Fortaleza, vindo periodicamente a Mossoró, onde implantou o Evangelismo, instalando um Templo protestante nesta cidade com participação de inúmeros adeptos, dentre estes José Damião de Souza Melo, Targino Nogueira de Lucena e outros elementos ligados a historia de Mossoró.(Lauro da Escóssia – 2010).
                      Os autores expressam-se sobre a chegada do Reverendo Wardlaw e da maneira como procurou desenvolver seu trabalho evangelístico, o que foi feito nas visitas do Reverendo Wardlaw a Mossoró para fazer suas predicas, e como veio a desaparecer devido às violentas perseguições dos católicos ainda na ultima década do século XIX, motivo que os levou a parar com o trabalho e também de ter pouco registro a respeito do trabalho pelo menos aqui na região; o Reverendo Wardlaw iniciou o trabalho e deixou o evangelista, mas segundo Othoniel Guedes:
Muitos fanáticos e alguns desocupados, sem crença alguma, a horas mortas da noite, apedrejavam as casas de residência dos evangelistas de uma maneira selvagem e desumana. Os telhados das casas onde habitavam os evangelistas eram quebrados todas as noites, sem a menor noção de civilização, trazendo suas famílias em sobressaltos constantes. Essa anarquia durou meses. Em começo de 1886 retira-se o evangelista Pereira Guerra  para o Ceará vindo em sua substituição assumir a Congregação o Ministro Dr. De Lacy Wardlaw que foi recebido debaixo de uma enorme chuva de pedras por parte dos fanáticos. Homem de fina educação e de uma calma extraordinária, o Dr. Wardlaw nunca se alterava. Sofria tudo com paciência, trazendo sempre um riso nos lábios. Todas as noites, porem, pregava o Evangelho muito embora debaixo pedradas. Diante de semelhante brutalidade que nenhum apoio poderia ter dos homens de bem e de bom senso, formaram-se na cidade dois grupos: um a favor do Ministro e o outro contra, dos apedrejadores. Uma noite, estando o Ministro pregando, muitos dos ouvintes se preparam para repetir qualquer insulto. Veio sobre o telhado da casa uma verdadeira chuva de pedras. Um dos ouvintes Durval Fiuza, saca do revolver e após eles alguns outros e fizeram disparos sobre os apedrejadores que logo correram e jamais voltaram a apedrejar ninguém. (Othoniel Marques Guedes).
                        O autor mostra as perseguições violentas que desencadearam o encerramento dos trabalhos de evangelização do Reverendo Wardlaw e que são compartilhados também no relatório de província do RN, mesmo não tendo o nome denominacional exposto, mas em acareação com outros registros e sendo a única denominação evangélica presente na cidade de Mossoró atribui-se aos presbiterianos, atribui-se a o Reverendo Wardlaw, o relator diz que:
Na cidade de Mossoró nas noites dos dias 13 e 14 de agosto, um grupo de desordeiros pretendendo esbulhar daquela localidade um evangelista que ali se achava fazendo propaganda de sua religião.
Os malfeitores, para levarem a efeito o plano concebido, dirigiram-se a casa de residência do mesmo evangelista, na qual arremessarão grande quantidade de pedras, disparando, além disso, arma de fogo, cujo projectil, felizmente, não alcançou pessoa alguma.
Este facto, mais ou menos, alarmou a população pacifica da referida cidade, mas o delegado de policia de termo, observando as instruções que lhe transmiti por telegrama, mas, a semelhante respeito tomou com todo o critério as providencias que o caso proclamava, conseguindo restabelecer o império da lei, burlando o criminoso instinto dos desordeiros, que se puseram em fuga e contra os quais segundo as ordens desta repartição abrio inquérito policial. (Relatório do Presidente de Província do RN, 1883 – 1888).
                        Nisto consiste a existência da Igreja Presbiteriana em Mossoró, objetivando a explanação da pregação do evangelho, mas também mostra como foi encerrado os seus trabalhos para que os missionários e suas famílias pudessem ter segurança não bastou só à intervenção da policia, mas o encerramento e a saída dos missionários retornando para seus lugares de origem.
                      Houve também uma ação que se tornou marcante para a historia abolicionista de Mossoró, além de conceber amparo espiritual pela palavra do evangelho, da Bíblia, o Reverendo e Doutor Wardlaw tomou uma postura parecida com a do Simonton quando iniciou o presbiterianismo no Brasil também participando do ato abolicionista em 30 de setembro de 1883, onde diz a transcrição da ata do 30 de setembro:
... Coube a palavra ao ilustre hóspede da terra mossoroense, o Dr. Wardlaw, Ministro Evangélico dos Estados Unidos. S. Sª, posto que não conheça bem os torneios da linguagem portuguesa, discorreu, todavia, nobremente, revelando a fecundidade de seu pensamento e elevada ilustração, congratulando-se com o povo da América, pela redenção gloriosa de Mossoró!
Todos bem o disseram! (GALVÃO, João Batista1982).
                        O que remete a ser uma Igreja que priora os ensinamentos bíblicos presando uma fidelidade a Bíblia, com devoção a Deus, a sua palavra e ao próximo, o que contem na essência de sua doutrina, tirando dair que o calvinismo adotado pela Igreja Presbiteriana e outras Igrejas Reformadas se remete a reformar os ensinos bíblicos a serem fieis a Bíblia Sagrada, objetivo da reforma protestante desencadeada por Lutero, o que também mostra a posição e pensamento da Igreja Presbiteriana, o que também mostra na transcrição da ata acima que havia uma comoção por parte do Reverendo Wardlaw de participar e congratular-se com a ação abolicionista na época desencadeada e liderada pelo Dr. Almino Afonso.
                        Tendo a Igreja Presbiteriana a sua chegada às ultimas décadas do século XIX, e a retomada dos trabalhos em Mossoró acontecidos a partis da década de vinte e na década de quarenta, vindo a organizar-se em 1963, só a partir dair que o trabalho de fato se fixou e veio a desenvolver-se sem serem interrompidos até os dias atuais, nisto, o livro de atas numero um da Igreja Presbiteriana de Mossoró por ocasião da organização da Igreja em 1963 sobre o histórico da Igreja diz que:
O trabalho presbiteriano de Mossoró teve inicio no ano de 1928. Não deixou congregação organizada. Depois vieram aqui se radicar a família dos senhores Narciso Leandro e João Gregório Sarmento, pertencentes à Igreja de Betânia e a Congregação de Alexandria, respectivamente. O trabalho teve inicio na residência do irmão João Gregório a Rua Frei Miguelino s/nº, tendo a frente, liderando o trabalho, o evangelista Adonias de Assis entre os anos de l948 a 1950. Nesse tempo, a Missão Presbiteriana do Norte do Brasil adquiriu o terreno no qual está localizada. (Livro de Atas numero um da IPB de Mossoró, 1963).
                        Com isso, a Igreja Presbiteriana passou a se firmar através dos responsáveis pelo trabalho e no uso de suas predicas, expondo seus ensinamentos respaldados pela Bíblia, aonde muitas pessoas vieram a aderir e tornarem-se membros desta Igreja que fixava seus trabalhos na cidade de Mossoró; o Reverendo Marcos Severo do Amorim no seu livro Historia do Presbiterianismo no Sertão da Paraíba e Rio Grande do Norte sobre a retomada dos trabalhos presbiterianos diz que:
Outra tentativa aconteceu nos anos vinte, quando uma família presbiteriana, cujo líder se chamava Mateus, tentou estabelecer um trabalho na cidade. O mesmo residia no bairro dos Paredões, que ficava próximo ao centro da cidade. Finalmente, nos anos quarenta, com a chegada da irmã Francisca Luzia da Conceição, do esposo Narciso Leandro da Silva e dos seus filhos que emigraram do Oeste do Rio Grande do Norte de onde eram membros da Igreja Presbiteriana de Betânia pela jurisdição do presbitério, foi possível começar a Igreja de Mossoró. Ao chegar a cidade toda a família trabalhou duro na confecção de tijolos e telhas, como forma de subsistência. A profissão da família na olaria mais tarde ajudou a Igreja de Mossoró na construção do templo (AMORIM, Marcos Severo de, São Paulo, 2008).
                        Portanto, a Igreja Presbiteriana torna-se fixa como Igreja a partir de 1963, após a retomada do trabalho conforme está no livro de atas numero um, e compartilhada pelo autor Marcos Severo no seu livro, desenvolvendo suas pregações do evangelho e os cultos, ensinando sobre a Bíblia de acordo a sua doutrina, o que fez com que viessem a ter muitos adeptos de todas as classes sociais, e a expansão do trabalho em vários bairros da cidade de Mossoró desde a sua organização.
Fontes

Livro de Atas número um da Igreja Presbiteriana em Mossoró – RN.

Manual Presbiteriano – Editora Cultura Cristã – Cambuci São Paulo – 15ª Edição – 1999.

Relatórios do Exm. Sr. Dr. José Moreira Alves da Silva – Presidente da Provincia do Rio Grande do Norte, e Relatorio da Repartição Policial – Falas e relatórios dos Presidentes da Provincia do Rio Grande do Norte – 1883 a 1888 – Fundação Guimarães Duque – Fundação Vingt – Um Rosado – Coleção Mossoroense – Serie “G” Nº 07 – Junho de 2001. P. 335 e 325

Confissão de Fé de Westminster, Cp. XXI – II. Disponível em: www.ipb.org.br  Acessado em: 08 de janeiro de 2011, e em 11 de fevereiro de 2012.

MATOS, Alderi Souza de/ Alderi Souza de Matos (Historiador oficial da IPB), Disponível em: www.ibr.org.br acessado em: 08 de janeiro de 2011, e em 11 de fevereiro de 2012.
Bíblia de Estudo de Genebra – Editora Cultura Cristã e Sociedade Bíblica do Brasil, 1999. Rm. 9:16.
A Sã Doutrina – 13 Estudos Bíblicos acerca das Principais Doutrinas da Fé Cristã/Revista de Educação Cristã. Volume XV – 2ª edição – Agosto/2002. P. 42.

Referencias Bibliográficas
HAUCK, João Fagundes, Historia da Igreja no Brasil, ensaio de interpretação a partir do povo, segunda época a Igreja no Brasil no século XIX, João Fagundes Hauck, Hugo Fragoso, José Oscar Beozzo Klaus Van Der Grijp, Benno Brod, 2ª Edição, Edições Paulinas, vozes, Petróplis RJ. 1985. P. 244 e 245.

GUEDES, Othoniel Marques, Os Evangélicos em Mossoró, Bosquejo Histórico, Fundação Vingt-Um Rosado, Coleção Mossoroense Serie – “C” Volume 870, P.14 e 15.

ESCÓSSIA, Lauro. Cronologias mossoroenses/Lauro da Escóssia. – 2.ed. – Mossoró: Fundação Vingt-Um Rosado, Coleção Mossoroense, Série – “C” – Volume 1579 – Abril de 2010. P.51.
GUEDES, Othoniel Marques, Os Evangélicos em Mossoró, Bosquejo Histórico, Fundação Vingt-Um Rosado, Coleção Mossoroense Serie – “C” Volume 870, P.26.

GALVÃO, João Batista. Subsídios para a Historia da Abolição do cativeiro no Rio Grande do Norte, Coedição da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte (Centro de Estudos e Debates Presidente Café Filho) e da Fundação Guimarães Duque (Escola Superior de Agricultura de Mossoró). Coleção Mossoroense – Volume CCXI – 1982. P. 28.
 NONATO, Raimundo. Historia Social da Abolição em Mossoró, Edição do Centenário, Coleção Mossoroense – Volume CCLXXXV – 1983. P. 255.
 CASCUDO, Luís da Câmara. Notas e documentos para a Historia de Mossoró, 5ª Edição – Serie “C” – Volume 1571 – junho de 2010. P. 235.

AMORIM, Marcos Severo de, Historia do Presbiterianismo no sertão da Paraíba e Rio Grande do Norte/Marcos Severo de Amorim – São Paulo, 2008. P. 60.
SILVERIO, André C. Revista Mocidade Presbiteriana – Fase 3 – Nº 24 – Abril/Maio/Junho – 2005. P. 11.

Jr, L. R. Shelton, A Graça de Deus – Mt. Zion Publications – 2603 W. Wright St. Pensacola, FL 32505. Printed in the United States of America – Portuguese – The Grace of God – Tradução – Gordon Chown
LIMA, Leandro Antonio de, 1975 – As grandes doutrinas da graça: um curso de teologia para classes bíblicas ou pequenos grupos/Leandro Lima. – São Paulo: Odisseu, 1ª edição – 2007. P. 100 e 101.


[1] Presbítero da Igreja Presbiteriana de Caraúbas – RN. Conselheiro da UMP da citada Igreja, Coordenador de Mocidade das Congregações Presbiterianas do Projeto Rumo ao Sertão, Licenciado em Pedagogia pela UCB, aluno do 8º período do curso de Historia na UERN.
[2] SILVERIO, André C. Revista Mocidade Presbiteriana – Fase 3 – Nº 24 – Abril/Maio/Junho – 2005. P. 11.
Jr, L. R. Shelton, A Graça de Deus – Mt. Zion Publications – 2603 W. Wright St. Pensacola, FL 32505. Printed in the United States of America – Portuguese – The Grace of God – Tradução – Gordon Chown
LIMA, Leandro Antonio de, 1975 – As grandes doutrinas da graça: um curso de teologia para classes bíblicas ou pequenos grupos/Leandro Lima. – São Paulo: Odisseu, 1ª edição – 2007. P. 100 e 101.
Confissão de Fé de Westminster, Cp. XXI – II. Disponível em: www.ipb.org.br  Acessado em: 08 de janeiro de 2011, e em 11 de fevereiro de 2012.
MATOS, Alderi Souza de/ Alderi Souza de Matos (Historiador oficial da IPB), Disponível em:www.ibr.org.br acessado em: 08 de janeiro de 2011, e em 11 de fevereiro de 2012.
Bíblia de Estudo de Genebra – Editora Cultura Cristã e Sociedade Bíblica do Brasil, 1999. Rm. 9:16.
A Sã Doutrina – 13 Estudos Bíblicos acerca das Principais Doutrinas da Fé Cristã/Revista de Educação Cristã. Volume XV – 2ª edição – Agosto/2002. P. 42.
Manual Presbiteriano – Editora Cultura Cristã – Cambuci São Paulo – 15ª Edição – 1999.

STPM JOTA MARIA

STPM JOTA MARIA
HONESTIDADE, HUMILDADE E SINCERIDADE

Quem sou eu

Minha foto
STPM JOTA MARIA, AMIGO DE TODAS ÀS HORAS, HONESTO, HUMILDE E SINCERO; AMO AO MEU PRÓXIMO COMO A MIM MESMO E ACREDITO 100 POR CENTO NA EXISTÊNCIA DE DEUS

PORTAL TERRAS POTIGUARES NEWS

PORTAL TERRAS POTIGUARES NEWS
COM 64 BLOGS E MAIS DE 3 MIL LINKS

MUSICAL TERRAS POTIGUARES NEWS

MUSICAL TERRAS POTIGUARES NEWS

RN RELIGIÃO

RN RELIGIÃO
TERRAS POTIGUARES NEWS